40 profissões na área de desenvolvimento de jogos

Por Diogo de Alcântara (Gurigraphics)


Postado em: segunda, 17 de abril de 2017 as 23:37 PM    250 views

Este artigo expõe um breve panorama das profissões e profissionais que atuam na área de desenvolvimento de jogos.



40_profissoes_na_area_de_desenvolvimento_de_jogos

Introdução

Uma empresa de desenvolvimento de jogos de grande porte possui dezenas de profissionais. Ou então, centenas - quando a empresa possui filiais em diversos países. O nome do cargo desempenhado por cada um desses profissionais varia de empresa para empresa. E as atribuições de cada cargo também não são muito bem determinadas e separadas.

Em uma empresa de grande porte cada função é realizada por diferentes profissionais. Geralmente cada um deles é um expert em uma função específica. Contudo, em uma empresa de pequeno porte o profissional encarregado pelo desenho pode ser o mesmo que faz a coloração e a animação do desenho.

Mesmo que cada profissional atue em uma área específica, atualmente a formação destes profissionais precisa ser multidisciplinar. É preciso que cada profissional entenda o que ele faz, e também é preciso que ele entenda o que os outros fazem. Porque um jogo não é uma simples coleção aleatória de elementos. Mas, como é dito em Gestalt: "ele é muito mais que a soma de suas partes".

Por exemplo, no desenvolvimento de um jogo "imagens normais" nem sempre são adequadas. Isso significa que saber desenhar não é o mesmo que saber desenvolver imagens para jogos.

Em jogos 2D, por exemplo, nem sempre são utilizadas "imagens inteiras". São usados "tilesets" ou "tilemaps", que são "mosaicos de azulejos", ou, "tijolos que se repetem para formar os cenários". O objetivo disso é reduzir a memória de processamento, ampliar a performance, reduzir o tempo de carregamento ou download do jogo, renderizar a imagem em diferentes resoluções sem perder qualidade, etc.

Além disso, em um jogo, um desenho não é apenas um desenho. É um elemento que precisa ser animado, que precisa ser programado, que precisa ser controlado. Ou seja, é algo que precisa interagir adequadamente com outros elementos e com os usuários.

No caso dos desenvolvedores independentes (indie), um único profissional ou meia dúzia de profissionais precisam desempenhar todas as funções necessárias para o desenvolvimento e publicação de um jogo.

Por exemplo, um artista é encarregado de desenho, coloração, animação, elementos da interface, vídeos, etc. Um músico desenvolve músicas, efeitos sonoros, dublagens, etc. E o programador, além de programar, geralmente também precisa desempenhar funções de Game Designer, Level Designer, etc.

 

Utilidade de um Framework no desenvolvimento de jogos

Em programação um Framework pode ser entendido como um conjunto de bibliotecas de código. No desenvolvimento de jogos, um Framework também pode ser entendido como uma estrutura conceitual utilizada para se pensar e organizar as atividades de um projeto. Ou seja, é algo que faz com que as diferentes áreas e atividades possam se relacionar entre si.

Por exemplo, imagine dividir o projeto de um jogo nestas áreas:

Design de narrativa: Como se desenvolve a estória do jogo?

Design de ambientação: Qual é o tema? Onde ocorre a estória?

Design de regras: O que o jogador precisa fazer e evitar no jogo? Qual é o objetivo?

Design de progressão: Como os jogadores evoluem no jogo?

Design de conteúdo: O que os jogadores ganham e aprendem?

Design de interface: É simples, organizada, intuitiva?

Design de som: As músicas e efeitos sonoros são adequados?

Design de arte: As imagens se relacionam com os demais elementos?

Design de animação: Elas influenciam a experiência do usuário?

Design de programação: Os códigos são comentados? Existe documentação? É possível expandir o projeto?


Também é possível incluir o marketing nesse Framework:


Design de público-alvo: O que pretendemos oferecer? O que os jogadores querem?

Em que mundo eles vivem? O que eles gostam?

Design de publicidade: O que, como, onde publicar sobre o projeto?

Design de marca: Que cores, logomarcas, tipografia usar?

É possível pensar em um design social: site, comunidade, fan page, fórum, moderação, relacionamento com os clientes/jogadores, etc.

Um design financeiro: No que investir? Qual o retorno do investimento? No que focar primeiro?

Um design de desenvolvimento: Quem faz o que, como, com que, quando?

Um design de estatística: Com base em que dados tomar decisões? Que dados coletar? Como gerenciar estes dados?

Como cada uma dessas áreas é praticamente uma profissão diferente, difícil é fazer tudo isso se relacionar entre si. Um Framework ajuda nesse processo.

A principal diferença entre um Framework e um GDD (Game Design Document) é que um Framework se concentra em uma abordagem muito mais pragmática, metodológica e estratégica. Enquanto que, um GDD muitas vezes foca em descrições técnicas muitas vezes inúteis para os profissionais e o processo de desenvolvimento.

 

Tudo isso é necessário?

Um jogo simples não requer foco ou atuação em cada uma destas áreas. Por exemplo, muitos jogos não coletam nenhum tipo de dado. Pois, eles não tem intenção de aprimorar o jogo, a experiência dos usuários, nem o lucro. Muitos desenvolvedores desconsideram o marketing durante o desenvolvimento. Em muitos jogos o marketing é melhor do que o próprio jogo em si. E assim por diante.

Uma questão relacionada com isso são as discussões: fazer jogos como hobby ou como profissional. Ou então, Art versus Business.

Os dois extremos são:

- Focar apenas em fazer aquilo que se gosta. E deixar de lado todo o resto.
- Visar apenas o retorno financeiro. E deixar de lado todo o resto.

Como todo extremismo não é muito recomendado, importante aqui é optar por um meio termo.

- Fazer algo que gostamos é fundamental para se ter motivação, não abandonar o projeto e fazer algo da melhor forma possível.

- E fazer algo que gere retorno financeiro possibilita: ocupar mais tempo com essa atividade, desenvolver estas habilidades e poder investir nisso que se gosta.

 

As profissões, cargos e funções

Com o objetivo de expor um breve panorama das profissões e dos profissionais que atuam com desenvolvimento de jogos, optou-se aqui por dividir as profissões em 5 categorias:

1- Arte;

2- Programação;

3- Áudio e Vídeo;

4- Administração;

5- Marketing, Publicidade e Vendas.

 

Acompanhe abaixo um breve esboço das diversas profissões, cargos, funções e atividades:

 

1- ARTE

 

Diretor de Arte

- Organiza idéias de design

- Define a coerência artística de uma obra

- Etc.

 

 

 

 

Game Designer

- Mantém atualizado o GDD (Game Design Document)

- Desenvolve elementos de design e mecânicas

- Desenvolve protótipos de jogos

- Etc.

 

 

Level Designer

- Desenvolve as fases de um jogo

- Define o posicionamento dos elementos das fases

- Desenvolve a jogabilidade do jogo

- Etc.

 

 

 

GUI Designer

- Desenvolve elementos da interface com o usuário

- Desenvolve a usabilidade do jogo

- Etc.

 

 

 

Concept Artist

- Desenvolve idéias de design para o produto final

- Desenvolve ilustrações e animações como protótipo

- Etc.

 

 

 

 

Desenhista

- Realiza o desenho e o lineart de personagens e backgrounds

- Etc.

 

 

 

 

 

Colorista

- Realiza a coloração de personagens e backgrounds

- Etc.

 

 

 

 

 

Animador 2D e 3D

- Desenvolve a animação de personagens

- Desenvolve a animação de efeitos especiais

- Em animações 3D trabalha com Rigging de elementos

- Etc.

 

 

 

Modelador 2D e 3D

- Realiza a modelagem 2D e 3D de personagens e cenários

- Desenvolve texturas, efeitos de Câmera e Iluminação

- Etc.

 

 

 

Roteirista

- Desenvolve estórias e personagens

- Desenvolve diálogos

- Etc.

 

 

 

Redator e Revisor

- Desenvolve textos e artigos

- Desenvolve manuais de utilização

- Etc.

 

 

 


2- PROGRAMAÇÃO

 

Engenheiro de Software

- Encarregado da aquisição de softwares e equipamentos

- Encarregado dos projetos de desenvolvimento de software

- Encarregado da Engine de desenvolvimento

- Etc.

 

 

Web Designer

- Desenvolve o layout de sites e blogs de jogos

- Realiza a programação de sliders e formulários de contato

- Etc.

 

 

 

Programador Frontend

- Realiza a programação de controles, botões e interface

- Realiza a programação de efeitos de física e colisão

- Etc.

 

 

 

Programador Backend

- Realiza serviços de hospedagem

- Programa servidores e banco de dados

- Gerencia backup e segurança de dados

- Etc.

 

 

Programador de AI

- Desenvolve a inteligência artificial dos personagens

- Etc.

 

 

 

 

Tester

- Realiza testes nos jogos

- Faz a detecção de bugs

- Etc.

 

 

 

 

3- ÁUDIO E VÍDEO

Engenheiro de Som

- Encarregado da aquisição de equipamentos de aúdio

- Encarregado da correta utilização dos equipamentos

- Etc.

 

 

 

Gestor de Localização


- Realiza a supervisão de tradução e revisão

- Etc.

 

 

 

 

 

Agentes de Localização

- Realizam traduções e revisões

- Realizam dublagens

- Etc.

 

 

 

Compositor de Trilhas Sonoras para Games

- Produz músicas de determinados ritmos e estilos

- Produz mixagens de músicas

- Etc.

 

 

 

Compositor de Sound Effects para Games

- Realiza captação de sons

- Desenvolve efeitos sonoros

- Etc.

 

 

 

Programador de Áudio

- Desenvolve códigos para execução de áudio

- Desenvolve códigos para gerenciamento de áudio

- Etc.

 

 

 

Produtor de Vídeo

- Desenvolve a edição de vídeos

- Produz vídeos e clipes musicais

- Etc.

 

 

 

4- ADMINISTRAÇÃO

 

Diretor Executivo - CEO

- Elabora planos de negócios

- Realiza a captação de recursos e investimentos

- Etc.

 

 

 

Produtor Executivo

- Realiza a supervisão das equipes de trabalho

- Gerencia cronogramas e fluxogramas

- Etc.

 

 

 

Gestor Administrativo

- Desenvolve ambientes de trabalho

- Gerencia marcas e patentes

- Etc.

 

 

 

Agentes Administrativos

- Contatam fornecedores e distribuidoras

- Executam serviços burocráticos

- Etc.

 

 

 

Gestor de Contabilidade

- Gerenciam investimentos e fluxo de caixa

- Gerenciam folhas de pagamento

- Etc.

 

 

 

Agentes de Contabilidade

- Contabilizam lucros e gastos

- Geram orçamentos

- Etc.

 

 

 

Gestor de Recursos Humanos

- Elabora seleção de profissionais

- Elabora treinamentos

- Etc.

 

 

 

Agentes de Recursos Humanos

- Publicam anúncios de vagas

- Marcam entrevistas

- Etc.

 

 

 

5- MARKETING, PUBLICIDADE E VENDAS

 

Gestor de Marketing e Publicidade


- Gerencia campanhas publicitárias

- Desenvolve lançamentos de produtos

- Etc.

 

 

 

Agentes de Marketing

- Desenvolvem folders, adesivos, camisetas, logomarcas
e banners

- Executam campanhas de marketing e publicidade

- Etc.

 

 

 

SEO

- Gerencia estatísticas, palavras-chave e mecanismos de busca

- Atualiza títulos, frases e conteúdos

- Etc.

 

 

 

Copywriter

- Desenvolve artigos publicitários

- Desenvolve anúncios, emails e cartas de vendas

- Etc.

 

 

 

Gestor de Mídias Sociais

- Analisa a atuação das marcas nas mídias

- Identifica características do público alvo

- Etc.

 

 

 

Agentes de Mídias Sociais

- Fazem publicações nas mídias sociais

- Respondem dúvidas e emails

- Etc.

 

 

 

Gestor de Vendas

- Realiza pesquisas de mercado

- Elabora estratégias de vendas

- Elabora treinamentos de vendas

- Etc.

 

 

Agentes de Vendas

- Realizam captação de clientes

- Participam de feiras e eventos

- Etc.

 

 

Em resumo é quase isso!



Autor:

Diogo de Alcântara (Gurigraphics)

Gaúcho, Estudou Psicologia na UNISINOS. Se interessa por games desde a época do Atary. Utiliza a Engine Stencyl há cerca de 6 anos. Neste tempo desenvolveu jogos educacionais como freelancer. E inúmeros demos e protótipos de jogos. Utiliza o nickname Gurigraphics. Atualmente participa do grupo Game Dev Club: https://discord.gg/GMZx257